19 de mai de 2012

Cansei

www.blogger.com ---> Painel do Blogger ----> Always Beliebers ----> Todas as postagens ----> Nova Postagem ----> Cansei.
"Querido Justin Drew Bieber, ou como posso chamá-lo : Diário,
Meu nome é Luiza Chaves se você não sabe (claro que ele não sabe Luiza) , pois é, ta vendo como eu sou meio louquinha? Um pouco maluca talvez por falar comigo mesma... Mas eu falo pois sei que eu mesma sou a única que vai me entender, que posso confiar, e que posso guardar meus sentimentos, que na maioria das vezes nunca são ditos.Sabe eu achava que você e esse blog fossem um dos poucos motivos da minha felicidade, por que se você quer saber: Eu cansei.Eu cansei de ver gente que parece ser seu amigo, que mostra o que sente por você, mas no final é mentira, cansei de tentar me apaixonar por alguém real, alguém que eu soubesse que era o amor da minha vida, cansei de ficar me lamentando por tudo, que por sinal é a única coisa que venho fazendo em minha vida.E eu achando que quando virasse a taça de champanhe no dia 31 de dezembro de 2011, o meu novo ano poderia ter sorte.Mas se você quer saber de uma coisa (é claro que você não quer, já  que eu sou só mais uma fãzinha nesse mundo de bilhões de pessoas) eu chorei tanto nesse ano que nem fiz as contas, mas eu já pensei em me cortar, sabia? (nossa, já imagino minha mãe lendo isso e dizendo que to ficando louca, que é para eu parar de fazer contato com os alienígenas que estão presentes na internet e que devo parar de usar Demi Lovato como inspiração) mas na verdade eu não iria me cortar por que é um sinônimo de nervosísmo, pois tem gente que faz isso, eu iria me cortar por causa do medo.Ai é nessa hora que uma frase de filme se encaixa bem em mim:
Sally: Eu achava que tinha medos.Mas são comuns, como dor e morte.
George: Não eu.Tenho medo da vida.
E quando vi essa frase, do medo " da vida" acho que é mesmo igual a minha.Sabe quando você tenta, tenta tanto pra uma coisa que talvez não seja nem tão importante pra você? Isso acontece comigo, mas no meu caso, eu me desgasto demais nisso.Eu sempre vivi em um mundo totalmente diferente, talvez no "mundo da lua" como diz minha mãe (não ligue se eu cito minha mãe demais nesse texto, é por que ela é a primeira pessoa ao dizer alguma opinião em relação a minha vida).Mas acontece que ela e nem ninguém sabem o que eu sinto por dentro.Tem dias mesmo que eu chego arrasada do colégio e ela começa a reclamar deu estar chateada, eu nunca digo a verdade, quero dizer, nunca digo a mentira, apenas deixo quieto como se nada tivesse acontecido, mas porém cada coisa que acontece assim, me dá cada vez mais inspiração, uma inspiração para criar um mundo diferente, um mundo onde eu penso: E se isso não tivesse acontecido? E se isso fosse apenas uma ilusão? E se eu pudesse criar o MEU mundo? E é ai que o blog se encaixa, eu chegava do colégio triste, mas logo que me sentava aqui, os meus dedos faziam por mim, e eu digitava o máximo que podia, tentando transmitir o que eu passei naquele dia, porém não era toda hora que eu podia entrar no computador, ai minha mãe vinha novamente brigar comigo, dizendo que eu devia estudar mais, eu concordo com ela em partes: Eu quero ser roteirista de cinema e fazer faculdade o mais longe possível daqui.E pra isso tenho que trabalhar.Estudar.E lutar para o que eu quero.Que com certeza não é o Brasil.Sabe, ano passado eu disse para o meu professor de tênis que a vida era um papel e cada um decidia como iria fazer o seu desenho.Se seria preto e branco.E seria aquele com bonequinhos de palitinhos.Se seria aqueles de anime.Mas isso não tinha nada haver com ser desenhista, ou estilista, ou nem com o desenho mais bonito que alguém poderia fazer.Isso tinha ver com a capacidade que você tivesse de colori-lo.Pois assim ele não seria um desenho normal, e sim um desenho diferente.Sabe, diferente ou melhor, diferenças foram palavras que eu encarei muito na minha vida.Vou te contar uma história (imagino que não queira saber e que se algum sequestrador infantil esteja lendo isso ele vai direto para o meu endereço ip me procurar, por isso eu tenho medo de escrever coisas na internet já que todos podem ver) era uma vez uma criança, uma meninha, ela nasceu totalmente diferente dos pais, apesar de parecer com o avô, e sempre foi meio "gordinha" ao termo.Mas tinha outra coisa, que era seu ponto fraco: o estrabismo.Ou para alguns "a zarolhisse", sim eu sou "zarolha" ou eu fui, não sei.Enfim, sofri bullying e sempre guardei isso pra mim.Por ser gorda, por ser zarolha e por ter sonhos, por sonhar que um dia estaria com você, PELAS MINHAS PRÓPRIAS AMIGAS, que um dia deixaram de ser minhas amigas por que eu gostava de Justin Bieber, por que eu falava demais dele, por que eu sonhava com ele e por mais que eu tentasse falar de algum menino real que eu pudesse gostar (J. Pedro no meu caso) eu queria falar era de VOCÊ! De você mesmo! Falar como eu te amo, táticas para elas tentarem me armar com você (que é algo meio que impossível, por no meu caso ficavam falando coisas do tipo : "Vou ti armar com J. Pedro".) Ai eu penso, se eu não tivesse sofrido tudo isso? Se eu tivesse contado o que eu sentia? Se eu tivesse acessado o youtube quando você postou o seu primeiro vídeo? (OLHA QUE EU SOU ATUALIZADA) Mas eu me lembro que eu até tentei dizer que me xingavam de tudo quando é coisa... Bola, cachalote(um tipo de baleia, pra quem não sabe), vaca, quatro olhos, zarolha, gorda, infantil.Tudo que diziam, por mais que fosse uma brincadeira: Doía.Nesse mundo de hoje, as pessoas dizem coisas que não sabem como os outros irão interpretá-las.Eu interpretei da pior forma possível.E quando tentava dizer, quem acreditava? Pois é, ninguém.Pois só eu mesma tinha as evidências daqueles fatos.Então preferi deixar quieto, pra ver se um dia... Parava de doer.Acontece que não parou.E nunca vai parar, por que mesmo que eu tente, mesmo que eu não olhe para o passado, dói.Dói ver outras coisas nostálgicas.Dói ver One Time e saber que esse Justin já não está mais ai.Dói saber que eu não tinha visto seu primeiro video do Youtube e não ter te procurado depois.Dói pensar em você toda noite.E na Premiere de um livro que eu tinha feito onde você era o protagonista, e eu também.Eramos o casal que se apaixonava no final.Eramos o casal que teria filhinhos lindos, que sofreríamos por causa de Selena.Mas agora vejo que ela também sofre um pouco.Quer dizer, muito.Antes eu não gostava dela.Mas se te faz feliz, é melhor ficar com ela.Pois eu prefiro te ver feliz do que me ver feliz, afinal 1 feliz é melhor que nenhum feliz né?Então Justin, saiba que mesmo depois de tudo que eu passei, depois de todas as diferenças, dificuldades que eu tive para te ver (aé, eu fui pro seu show), depois de guardar tantos sentimentos com medo de que não fosse aceita pelas minhas próprias amigas, o meu amor ainda está aqui.Sempre estará a sua disposição.Eu ainda me lembro que tinha feito uma aposta com minhas amigas que até os meus 18 anos eu iria te beijar, e ser uma roteirista famosa, caso se isso não acontecesse eu teria que dar os produtos mais novos que tivessem da Apple, para todas elas.E eu simplesmente não me importei.Outra colega minha veio e me perguntou: "Se Justin Bieber viesse para o Brasil e te pedisse para ficar com ele, você iria aceitar?" Por mais que só fosse um beijo, por mais que só fosse um toque, por mais que eu saísse magoada no meio de tudo isso, eu aceitaria.Mesmo que ele me deixasse no meio da rua, com a chuva caindo, e eu já toda molhada.(Como nos filmes sabe? -ELE NÃO VAI PERDER TEMPO ASSISTINDO FILME DE AMORZINHO, LUIZA! ISSO SÓ VOCÊ FAZ) Mesmo que tudo fosse uma mera ilusão, eu tiraria a máxima curiosidade possível com um simples beijo. E se isso não acontecer (CLARO QUE NÃO VAI ) eu vou voltar a escrever aqui.Mostrando os meus sentimentos, mostrando o que eu sempre guardo dentro de mim.Escrevendo e escrevendo.Lendo e lendo.Sonhando e sonhando.Ser escritora de Imagine Belieber não é nada fácil, tem gente que acha que é só mais uma coisa que a Selena é vilã e no final a mocinha (que lê) fica com o Justin  no final.Mas essa gente tem que saber que Imagine Belieber é um dos gêneros mais difíceis de ser escrito.Sabe por que? Por que nós não ganhamos dinheiro com isso, por que nós criamos expectativas pra quem lê, por que nós achamos que a Selena Gomez é idiota e ela pode até não ser, e por que na maioria das vezes não é a leitora que sai magoada no fim da história.Somos nós.Por isso que sempre quando assisto algum filme, tento achar o ponto fraco do final.Serão as diferenças de todos? As ilusões dos personagens? Os atos de arrependimentos deles? Eu não sei.Se você descobrir me avise, por que lembre-se...
Eu estarei sempre aqui para você.
19 de maio de 2012,
Uma garota normal, sem nada que faça você encontrá-la por motivos, como ter perdido o braço, ter alguma doença, ser cega...Sou só eu. Uma fã como qualquer outra,
Luiza Chaves."


PS:Eu acho que se você ler isso (IMPOSSIVEL, LUIZA) você vai se lembrar de mim, já que fui eu quis fiz essa montagem muito mal feita(não sei fazer melhor) que parece que eu fiz no paint.(eu não fiz lá, sá pra saber ok?)

8 comentários:

  1. Nossa, seu texto foi tão lindo que eu nem sei o que dizer. É sério. Me apaixonei pelo seu blog! J. Pedro = João Pedro? Tem um João Pedro na minha escola '-' (se bem que é um nome comum e tals). Mas esse texto foi fabuloso, vc escreve muito bem.
    Beijos,
    Tamy.

    ResponderExcluir
  2. Nossa,serio me emocionei com o seu texto,ele ficou tão.. ai nem sei a palavra certa para defini-lo,vc é muito DIVA serio!

    ResponderExcluir
  3. Muiito lindo o seu texto luiza sabe eu quando leio os imagines eu sonho sonho tão alto sonho igual a todas as beliebersque irá conhescer o justin ele ira seapixonar por vocêeviverão felizes para sempre mas nós sabemos que isso não acontecerá e 1 xanse em 30 milhôes mas mesmo assim não paramos de son har afinale a unica coisa que vcfaz prazeroso não paga enão tem que falar para ninguém eu te intendo tamb emsou gordinha as minhas amigas me zoam fazem piadinha mas eu levo na boa sabe elas pensão queeu não ligo maselas não saben oue e ser issoo ser excluida do padrão debeleza ser magra eu ja tentei emagrescer mas não euma coisa facil que você faz de um dia pro outro mas eu credito quecada um tem uma coisaespescial um dom eo see é expor seus sentimentos pois pra fazer isso tem que ter coragem pq depois as amigas ficão zoando pq você imaginademais e isso nunca ira acontescer mas NEVER SAY NEVER você é espescial não pela sua aparência mas sim pelo oque você e por dentro bjssde uma pessoa que te coomprende bjjs
    @BBeliebetoday10

    ResponderExcluir
  4. Déborah Paixão19 de maio de 2012 19:38

    STOP! Só eu me vi no seu texto? Tipo tudo. Sou (era) zaroia e ainda sou gorda '-' saabe e é muuuito chato oque passamos. Não sei se acontece com você mais até minha mãe esfrega na minha cara que eu sou gorda e não sirvo pra nada. Sabe como eu me sinto? Um lixo. Todo dia. Não tem um dia que eu não choro. Eu me acho totalmente idiota. Mais uma idiota viciada e Que ama com tudo One Direction, Demi Lovato, The Wanted, Miley Cyrus, e o principal motivo da minha vida, felicidade, bipolaridade (não sou bipolar tá? É que tem vez q mudo de humor mt raipido e fico totalmente doida) lágrimas, dores, e meu sorriso. Justin Bieber. Sou xingada de todos os modos e sofro um bulling do tamanho do mundo porque eu amo esse idiota mais lindo ;( mas não vou deixar um ser incopetente me abalar porque não gosta da mesmo tipo de música que eu. Cara, se não gostasse dele, pelo menos usa alguma educação e respeita a ele a todos os seu fãs. TODOS MEUS FAMILIARES NÃO GOSTA DELE. Agora o porque? Nem eles sabem o porque. Julgam ele sem ao menos conhece-lo. Eu defendo ele com todas as minas forças, não faz ideia o que eu passo, mas eu não desisto. Bola pra frente... Never say never! Só porque eu pesquiso tudo sobre ele, sei de tudo dele, sou agredida verbalmente. Isso doi muito. E sei que você sabe! E, ah, quantas vezes eu não chorei pensando que não podia encontar ele? Poisé. Não tive ainda a oportunidade de ve-lo. E foi muito ruim sabe? Foi em julho do ano passado. Descobri que no dia 3 de outubro eu ia ir pros Eua. Se eu tava feliz? Obvio. Poderia esbarrar com meu amore, bebe, como preferir chama-lo, no aeroporto e tals... Mas sabe oque aconteceu depois? Que esse bebe iria vir no Brasil. Em outubro. Depois da minha viagem. Chorei 1 semana. Me senti péssima. A oportunidade que eu tinha de vê-lo foi pra água abaixo. Eu IMPLOREI pro meu pai de deixar ir no show e tals ... Mas seria no dia 6. Em são paulo ou rio. E eu moro em belo horizonte. Não ajudou em nada. Fiz de tudo pra ele deixar eu ir... Até a viajem foi adiada pra 6 de outubro... Mas ele disse assim pra mim: "você escolhe: O show ou a viajem". Me senti num beco. Sem saida. Estava sem rumo. Mas sabe oque eu escolhi? Meu bebe. Mas não adiantou de naada. Meu pai não deixou eu ficar. Fui pro eua com o coração na mão. Mas eu não desisti. E não vou desistir. Não vou de para de sonhar, ser louca, fanática e tals . Não vou deixar de amar ele. E saber de que mais de 50 amigas que eu tenho, somente 4 me apoiam. 4 me apoiam. Pouco né? Imagine o que eu passo. Eu realmente adorei o que você escreveu, e super concordo com o que escreveu em relação a selena. Eu gosto da música dele, dos filmes de e de feiticeiros, mas não gosto que ela fique com ele. Tenho a minhas razões. Mas sabe aquela musica que não sai da cabeça? E uma das minhas favoritas? U smile... I smile... É o que eu penso em relação a eles. Se ele está feliz, eu tambem estou. E bom, quero te agradecer por ler essa declaração até agora, e se pudesse, me responderia... Mas enfim.. Obrigada novamente por me fazer desabafar.. E se puder, me seguir no twitter @littledcpaixao . Adoraria conversar com você. Beijos e fica com Deus lindona (:

    ResponderExcluir
  5. Se tem uma coisa que me irrita hoje em dia é o modo como os seres humanos pensam,só ligam pra aparência e pra gosto musical,se você gosta do nosso baby Justin criticam, se você gosta da Miley,Demi,Selena,enfim,criticam td,eles fazem de tudo pra q você se sinta mal sobre isso.O mundo de hoje não é mais o msm só ligam pra isso,isso me irrita,cade o sentimento das pessoas,cade aquelas pessoas que te ajudavam e que era suas amiga e que te apoiavam em tudo,cade aquelas pessoas que sabiam respeitar a opinião dos outros,e sabiam diferenciar brincadeiras de ofensas,hoje em dia só querem saber de magoar as pessoas por q eles se sentem bem assim,vendo outra pessoa sofrer,ver que a outra pessoa pode pensar td dia em acabar com sua vida,por um motivo besta de uma pessoa que só quer ver você pra baixo.
    Isto que eu detesto nos seres humanos hoje em dia
    hoje em dia o mundo só gira em torno da aparência,e não só sentimento,hoje em dia eu te amo virou bom dia,eu te amo virou piada,as pessoas não são mais as msm te tratam como lixo,zoam você,fazem brincadeiras,criticam oque você assiste ou escuta,criticam sua aparência,seu jeito,xingam você, e fazem com que seus amigos se afastem de você.
    Você acaba ficando deprimida,sem chão,sem saber oque fazer,e pensa oque ela faria em meu lugar?
    oque ele faria em meu lugar?
    você tenta buscar inspiração pra tentar se manter forte,tentar ser forte e fingir q nada disso aconteceu,você escutar xingamentos,e criticas ruim sobre algo q você gosta e fingir q nada aconteceu e ficar de cabeça erguida,sendo que isso esta te matando por dentro.
    Mal eles sabem que isso machuca,doe e faz vc pensar seriamente em coisas q nunca pensou em querer fazer antes.
    Justin Drew Bieber
    Esse nome te da inspiração,suas musicas,suas frases,suas fotos,só faz com q você,eu,qualquer uma queira estar ao lado dele,sentir seu perfume e poder dizer o quanto o ama.
    Qualquer uma critica o namoro dele com a Selena mais não podemos criticar ele,se ele esta feliz nos estamos,oque importa é a felicidade do nosso bebe,a felicidade e o sucesso do nosso Justin,nosso Swag,nosso Kidrauhl,nosso amor,nossa inspiração,nossa alegria,nossa felicidade,e ter o poder de ver ele ao lado de quem ele gosta,e ver q ele esta feliz,poder ver aquele lindo sorriso naquela perfeita boca rosada dele,amamos muito ele,não importa oque ele faça,coisas boas claro,não importa se ele não é mais aquele lindo garoto do One time.Oque importa é que ele esta feliz,cresceu,nosso baby esta com 18 aninhos,e merece tudo oque conquistou,tudo oque ele conquistou foi merecido.E eu não tenho vergonha de dizer EU TE AMO JUSTIN DREW BIEBER.
    Agradeço a quem leu esse desabafo enorme,me desculpe pelos erros,mais é oque eu penso.
    e eu achei muito lindo esse seu texto
    você escreve muito bem sou muito fã do seu blog
    beijos e lembre Never Say Never...

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre pensei, sentimento de Belieber devem ser iguais ou até mesmo parecidos, e quando eu li seu texto tive certeza disso.
    Nós somos uma em meio de vinte milhões.Sim, já pensamos em desistir, mas apenas pensamos, Belieber cada uma tem sua diferença, mas o amor pelo Justin é igual,é infinito...
    Eu já sofri bullyg, alguns não consideram bullyng mas pra mim foi. Meus familiares, minhas amigas, nenhum apoiava meu amor pelo Justin. Diziam que era modinha, e que ele não sabia que eu existia.Me perguntava se alguma das vezes que eles chegaram á dizer isso eles pensaram como eu me sentia. E tudo me fez chegar a conclusão, que eles não davam a minima pra isso.Parecia que meus sentimentos eram -e são- inúteis para eles.Mas sabe, eu sou uma Belieber, minha frase é Never Say Never, e eu tenho SWAG.
    Eu não vou deixar ninguém me abalar, fazer-me chorar outra vez. Eu amo o Kidrauhl -mesmo ele estando desaparecido-, eu o AMO.

    ResponderExcluir
  7. Tu é muito diva, cara!
    Nossa suas amigas devem ser umas sortudas, porque você é muito legal!
    Nossa, eu amo aqui!
    Esse texto é inspirador, e tipo... lindo!
    Amo Amo Amo Amo aqui! <3
    Bjos,
    Tamy

    ResponderExcluir
  8. Olha, minha maluquinha, se eu tivesse ao seu lado agora, u ia me levantar e bater palmas à você, porque sinceramente, você é demais, não importa se você é gorda, ''zarolha'', ou o que você for, eu vou te amar sempre, ok? E depois que eu me identifiquei com esse texto como se eu tivesse escrito, como se eu tivesse pensado e vivido tudo isso, eu não tenho estrabismo, mas eu usava óculos e tinha piolhos quando estava na 5 série, e isso tudo fez com que eu sofresse bulliyng, ainda mais que eu sou gorda. As pessoas não me xingavam, não gritavam, não falavam pra mim tudo isso, mas elas riam de mim, não chegavam perto de mim, ficavam cochichando sobre mim, e isso eu percebia. Esse é um tipo de bullying que destrói, porque você sabe que é tudo aquilo e o mesmo te torna horrível, te torna nojento. Eu acho que eu sou forte, muito forte, porque tudo isso que eu sofri, não me fez desabar, eu não chorei, não me cortei, não me feri, eu apenas fiquei decepcionada, porque as pessoas que eu pensava que eram meus amigos, na verdade eram um bando de falsos.
    Então Lu, eu acho que uma simples declaração iria te fazer sentir melhor.
    EU TE AMO MINHA MALUQUINHA! VOCÊ É UMA DAS RAZÕES PARA EU ESTAR AQUI, FORTE!

    ResponderExcluir